jueves, 17 de marzo de 2022

2022 - MARISA ALVAREZ LIMA


Jornalista, fotógrafa e escritora. [Laguna (SC), 28/10/1936 – Rio de Janeiro (RJ), 16/3/2022]


“Marisa Alvarez Lima é pessoa crucial em minha vida. Ela me aproximou de Glauber, Oiticica, Marcos Vasconcelos, Pingarilho. Interpretou a beleza de Bethânia em série de fotos que desafiavam a caretice do padrão de beleza feminina da época. Fez um apanhado do pensamento revolucionário de 1968, reunindo textos de toda a turma da contracultura brasileira nas páginas de O Cruzeiro. Marisa, querida, vital, enriquecedora do nosso ambiente, fazendo-o, no fundo, mais verdadeiramente brasileiro. Ela é e será parte essencial da nossa inevitável promessa.”

 

[Caetano Veloso, 16/3/2022 - Instagram]






21/7/2009 - Lançamento da 12ª edição da revista “s/n”, de Bob Wolfenson, 

no Felice Caffè, em Ipanema”






1965
Revista a CIGARRA
1965 - Ano 51 – FEVEREIRO
 
Pág. 31












1968
Revista A CIGARRA
1968 - ANO 54 – N° 1 - JANEIRO














5/6/1969 - Revista O CRUZEIRO - Foto: Fernando Seixas























Programa
em revista
Ano II – de 15/7 a 15/8 de 1971
Revista mensal - n° 17





Agosto de 1971 - Teatro da Praia







18/12/1984 - Copacabana Palace









ALVAREZ LIMA, Marisa."Maria Bethânia". Rio de Janeiro: Edições Intersong Ltda., 1981. 1a edição. 106 pág.

 


ALVAREZ LIMA, Marisa. Marginália - Arte & cultura "na idade da pedrada". Rio de Janeiro: Salamandra, 1996. 180 pág.

 


No hay comentarios:

Publicar un comentario