lunes, 21 de febrero de 2022

2022 - LETRAS

 


Como parte da comemoração dos seus 80 anos, Caetano Veloso lançará um livro com todas as suas composições desde o início da carreira até “Meu Coco”. 

O livro é organizado pelo poeta e ensaísta Eucanaã Ferraz e será lançado pela editora Companhia das Letras
 
Fonte: Uns Produções e Filmes, 20/2/2022



21/02/2022

POR NINJA


Caetano Veloso lançará livro com letras de todas as suas canções




Foto: Tainá Xavier


A memória do Brasil nas músicas de Caetano. Chegando aos 80 anos em 2022, um dos maiores artistas brasileiros ganhará um registro completo de sua obra na música. Caetano Veloso terá todas as suas composições, incluindo o recente álbum “Meu Coco”, organizadas em um livro chamado “Letras”. O projeto conta com organização do poeta e ensaísta Eucanaã Ferraz pela Companhia das Letras. 

Caetano completará 80 anos em 7 de agosto. Com mais de cinco décadas de carreira, as composições de Caetano traçam um histórico não somente da música brasileira, mas também carregam a própria história do país. Puxado pela irmã Maria Bethânia ao mundo da música, Caetano compôs canções que, desde “Cavaleiro” ou “Samba em Paz”, de 1965, acompanham um movimento de resistência poética em um país marcado por ditadura, exílio, carnaval e uma fome de inspirações e culturas de outros mundos. 

O livro “Letras” será lançado este ano pela Companhia das Letras.



Uns Produções e Filmes

4 de junho de 2022



Agora está mais perto do que nunca! Em comemoração aos seus 80 anos, Caetano Veloso terá todas as quase 400 letras lançadas em um volume pela Companhia das Letras, em agosto!

Organizado pelo poeta e ensaísta Eucanaã Ferraz, o livro “Letras” vai compreender desde as primeiras composições do poeta baiano até as mais recentes, lançadas no último álbum, o “Meu Coco”. O livro vai ser minimalista, sem fotos e com breves textos de apresentação do músico e do organizador.



Resenhando


"Letras" reúne todas as canções de Caetano Veloso em um livro 

sábado, julho 16, 2022 

 

Organizado por Eucanaã Ferraz, livro traz todas as canções escritas por Caetano Veloso reunidas, começando por sua produção mais recente - "Meu Coco", lançado em 2021 - e chegando às primeiras composições do artista

 

“Diante das mais de trezentas letras de canções que compus ao longo de décadas fico quase sem palavras. Tenho apenas de confessar que em ne­nhum caso eu aprovei a letra (ou a música) quando cheguei a completá-la. Com o passar do tempo — e o esquecimento das obras —, tenho me surpreendido com alguma admiração e até com certo encanto diante de uma ou outra canção que fiz” 

Caetano Veloso

 

Dia 29 de julho, chega às livrarias "Letras", de Caetano Veloso, lançado pela Companhia das Letras. Organizado por Eucanaã Ferraz, esse é um livro de poesia reunida de um dos nomes centrais da música e da cultura popular brasileira. Ler uma a uma é acompanhar as transformações de uma obra inesgotável ao longo de mais de sessenta anos. 

Compositor singular, Caetano Veloso inaugurou sua carreira com um compacto simples, em 1965, e dois anos depois lançou o disco "Domingo". Desde então, foram cerca de quarenta álbuns de estúdio, além de gravações ao vivo e coletâneas. 

"Letras" reúne todas as canções escritas por Caetano Veloso, começando por sua produção mais recente - "Meu Coco", lançado em 2021 - e chegando às primeiras composições do artista, em meio a discos de estúdio, canções gravadas por outros cantores, parcerias e trilhas sonoras. 

“Meu intuito não foi senão registrar impressões nascidas no encontro com palavras que, assentadas na matéria silenciosa do papel, reconduzem insistentemente à música, ao corpo inteiro das canções, e fazem precipitar inúmeras contingências pessoais, reminiscências, ânimos, dispositivos da subjetividade que assomam quando entramos em contato com tex­tos poderosíssimos - adjetivo que me parece legítimo em sua imprecisão crítico‑analítica. Posso dizer simplesmente que cada leitor realiza sua fruição”, ressalta Eucanaã Ferraz. 

Ainda que tenham sido escritos para ser cantados, os versos revelam aqui sua vocação verdadeira: são poemas. Ao formular sua experiência individual de modo notável, Caetano Veloso faz com que suas palavras digam respeito a todos nós, seus ouvintes - e leitores.






Capa: Raul Loureiro, com obra “Gambiarra Amarela"

1998, acrílica sobre tela de Emmanuel Nassar, 91×91×3,5cm.

Acervo Banco Itaú. Reprodução de Sérgio Guerini


Reprodução fotográfica







Companhia das Letras; 1ª edição

29 julho 2022


Letras é um livro de poesia reunida. Estão aqui todas as canções escritas por um dos nomes centrais da música, da poesia e da cultura popular brasileira. Ler uma a uma é acompanhar as transformações de uma obra inesgotável ao longo de mais de sessenta anos. 

Compositor singular, Caetano Veloso é um poeta extraordinário. Nascido em 1942, o artista inaugurou sua carreira com um compacto simples, em 1965, e dois anos depois lançou o disco Domingo. Desde então, foram cerca de quarenta álbuns de estúdio, além de gravações ao vivo e coletâneas. 

Com organização de Eucanaã Ferraz, Letras reúne todas as canções escritas por Caetano Veloso, começando por sua produção mais recente — Meu coco, lançado em 2021 — e chegando às primeiras composições do artista, em meio a discos de estúdio, canções gravadas por outros cantores, parcerias e trilhas sonoras. 

Ainda que tenham sido escritos para ser cantados, os versos revelam aqui sua vocação verdadeira: são poemas. Ao formular sua experiência individual de modo notável, Caetano Veloso faz com que suas palavras digam respeito a todos nós, seus ouvintes — e leitores.

 


No hay comentarios:

Publicar un comentario