lunes, 31 de agosto de 2020

2020 - EMILINHA BORBA



Emília Savana da Silva Borba [Rio de Janeiro 31/8/1923 – Rio de Janeiro 3/10/2005]



"Sendo o Brasil um país tão gigantesco, só poderia ter como sua estrela preferida uma artista tão grandiosa e fascinante como Emilinha"
 [Caetano Veloso, Jornal do Brasil, 12 de janeiro de 1987]


Gloria Pires, Emilinha Borba e Caetano Veloso









1949 - EMILINHA BORBA
A. CHIQUITA BACANAmarcha – (Alberto Ribeiro/João de Barro)
B. PORTA BANDEIRAsamba – (Nássara/Roberto Martins)
Continental (78 rpm) n° 15.979



JORNAL DO BRASIL - 12/1/1987













Revista CARAS - 9/5/1997








No hay comentarios:

Publicar un comentario