jueves, 15 de febrero de 2018

1989 - ELEIÇÕES





Chico Buarque de Hollanda, Caetano Veloso e Wagner Tiso em comício do candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva, no Rio de Janeiro (1989)
Foto: Juan Esteves / Folhapress


Foto: Niels Andreas - Folhapress


As eleições de 1989 foram as primeiras desde 1960 em que os cidadãos brasileiros aptos a votar escolheram seu presidente da república. Por serem relativamente novos, os partidos políticos estavam pouco mobilizados e vinte e duas candidaturas à presidência foram lançadas. Essa quantidade expressiva de candidatos mantém o recorde de eleição presidencial com mais candidatos. 

Como nenhum candidato obteve a maioria absoluta dos votos válidos, isto é, excluídos os brancos e nulos, a eleição foi realizada em dois turnos, conforme a então nova lei previa. 

O primeiro foi realizado em 15 de novembro de 1989, data que marcava o centésimo aniversário da proclamação da república, e o segundo em 17 de dezembro do mesmo ano. 

O nível de entusiasmo era grande, com artistas participando ativamente da campanha de Lula, cantando o hoje célebre Jingle "Lula Lá" no horário reservado à propaganda eleitoral do candidato.


1989 - Foto: Luciana Whitaker / Folhapress
Chico Buarque, Gal Costa, Elba Ramalho, Marieta Severo, Djavan, Beth Carvalho, Wagner Tiso, José Mayer, Malu Mader, Betty Faria, Aracy Balabanian e muitos outros. 





16/12/1989 - Revista Manchete n° 1.965




7/10/1990
Caetano Veloso, cantor e compositor, contando ao GLOBO sobre sua posição em relação às eleições presidenciais de 1989.

“Gravei uma fala apoiando o Brizola. Antes, a candidatura do Collor me pareceu uma coisa simpática, pela possível atuação histórica dele. Já no 2º turno, apoiei o Lula. Mas não tenho compromisso com nenhuma facção política”


No hay comentarios:

Publicar un comentario