sábado, 20 de enero de 2018

1998 - PIERRE VERGER Mensageiro Entre Dois Mundos






Uma produção da Conspiração Filmes, Verger é um filme sobre a vida e a obra do fotógrafo e etnógrafo francês Pierre Verger, inclui a última entrevista de Pierre Verger, um extenso material fotográfico e textos produzidos por Verger ao longo de sua vida; bem como depoimentos de pessoas que conviveram com o pesquisador.


Jorge Amado dizia que Pierre Verger (1902-1996) era "o mais baiano dos franceses". A trajetória do fotógrafo e etnógrafo francês, que chegou a Salvador em 1946, onde residiu até sua morte, faz jus a essa qualificação. 





Verger: Mensageiro entre Dois Mundos é fruto da pesquisa realizada pelo diretor Lula Buarque e o roteirista Marcos Bernstein (Central do Brasil), que estiveram na África, na França e na Bahia em busca da trajetória do fotógrafo e etnógrafo francês Pierre Verger. O filme contou com a consultoria científica do antropólogo e fotógrafo Milton Guran.

Narrado e apresentado por Gilberto Gil, Verger: Mensageiro entre Dois Mundos inclui a última entrevista de Pierre Verger (filmada um dia antes de seu falecimento, em 11 de fevereiro de 1996), extenso material fotográfico, textos produzidos por Verger e depoimentos de amigos como o documentarista Jean Rouche (Musée de l'Homme, Paris), Jorge Amado, Zélia Gattai, Mãe Stella, Pai Agenor e o historiador Cid Teixeira.

Rompida desde os anos 40, a ponte criada por Verger entre a Bahia e a África é reestabelecida no filme quando Gilberto Gil refaz o papel de Mensageiro e percorre os mesmos caminhos do fotógrafo.

Outra descoberta de Verger apresentada no filme, são os descendentes da única colonização feita por brasileiros: os "Agouda", africanos, habitantes do Benin e da Nigéria, que ainda hoje cultivam influências brasileiras trazidas por ex-escravos que retornaram do Brasil ao continente africano.

Filmado integralmente em película cinematográfica em locações no Benin, Paris e Salvador, Verger: Mensageiro entre Dois Mundos é uma co-produção de Conspiração Filmes, Globosat/GNT-Net/Sky e Gege Produções. O filme foi realizado com recursos dos co-produtores e de incentivos culturais aportados através do programa Fazcultura do Estado da Bahia pela Copene - Petroquímica do Nordeste S.A.

A sua primeira exibição nacional ocorreu em novembro de 1998 pelo canal de TV por assinatura GNT (Globosat). Desde então, o documentário vem sendo exibido em película 35mm em diversos festivais internacionais para os quais foi selecionado, como o Festival de Havana e de Montreal, o Festival Internacional de Documentários de Munique, o FilmForum de Freiburg e o Margaret Mead Festival (Nova York).

O sucesso do filme no circuito de festivais rendeu-lhe alguns prêmios, como o Grande Prêmio de Cinema Brasil, na categoria "melhor programa cultural para TV" e o Prêmio Especial do Júri no Festival de Cinema do Recife, além de participar como finalista do International Emmy Awards ‘99 USA, o mais importante prêmio internacional de TV.

Pierre Fatumbi Verger - O Personagem

Após viajar ao redor do mundo como fotógrafo, Pierre Verger radicou-se em Salvador da Bahia em 1946 onde passou a estudar as relações e as influências culturais entre o Brasil e o Golfo do Benin na África. Dentre seus diversos trabalhos destacam-se Fluxo e Refluxo, sua tese de doutorado para a Sorbonne e o livro Orixás da Bahia.

Iniciado no candomblé por Mãe Senhora, Verger se aprofundou na religião em suas viagens à África, onde se tornou babalaô e recebeu o nome de "Fatumbi", que significa "Renascido Graças ao Ifá". O Ifá é um jogo de adivinhação que originou o jogo de búzios conhecido no Brasil.

O Diretor

Lula Buarque de Hollanda, 37 anos, diretor de cinema, TV e publicidade é Mestre em Cinema Studies (New York University). Para TV, dirigiu os especiais musicais Gilberto Gil: Tempo Rei, Milton Nascimento: A Sede do Peixe e Marisa Monte: Barulhinho Bom e o documentário Filhos de Gandhy. É um dos sócios-fundadores da Conspiração Filmes. Verger: Mensageiro entre Dois Mundos é o seu primeiro longa-metragem.

Os Produtores

A Conspiração Filmes é uma associação de produtores e diretores de cinema, TV e publicidade com o grupo Icatu. Seus filmes de longa-metragem - Eu Tu Eles (Seleção Oficial do Festival de Cannes 2000), Gêmeas, Bufo & Spallanzani, Traição - são distribuídos no Brasil e internacionalmente por empresas como Columbia TriStar, Lumière e Sony Classics. Suas produções de TV - especiais musicais e documentários - são exportadas para canais internacionais que atingem mais de 30 países.

A Gege Produções é a empresa produtora responsável por todos os eventos artísticos - shows, turnês, discos, editora musical, internet, selo Geléia Geral etc. - e pelas produções audiovisuais de Gilberto Gil.

O Canal GNT da Globoast é especializado em documentários nacionais e internacionais. Através de sua política de co-produções é um dos principais (se não o principal) fomentadores da produção independente de TV no Brasil. Em sua grade destacam-se programas de linha como Manhattan Connection e GNT Fashion além de importantes séries de documentários como Futebol e Notícias de Uma Guerra Particular.

Filmes do Estação - A Distribuidora

Verger: Mensageiro entre Dois Mundos é o primeiro filme brasileiro a ser distribuído pelo Grupo Estação, empresa que atua na área de exibição e distribuição de cinema há 15 anos.

Contabilizando 16 salas no Rio de Janeiro e duas em São Paulo - dentre as quais o Espaço Unibanco de Cinema/Rio e o Top Cine/São Paulo -, além da carteira de mais de 150 filmes, como por exemplo Ghost Dog, de Jim Jarmush; Meu Nome é Joe, de Ken Loach; Goya, de Carlos Saura; Buena Vista Social Club, de Wim Wenders e as coleções de clássicos de François Truffaut e Louis Malle.

A participação do Estação no mercado de distribuição de filmes brasileiros seguirá a mesma linha que vem mantendo desde 1985 com os filmes estrangeiros, priorizando documentários, filmes experimentais e independentes.

Sinopse

Filme sobre a vida e a obra do fotógrafo e etnógrafo francês Pierre Verger, narrado e apresentado por Gilberto Gil e dirigido por Lula Buarque de Hollanda. Filmado em locações no Benin, Paris e Salvador, Verger: Mensageiro entre Dois Mundos inclui a última entrevista de Pierre Verger (filmada um dia antes de seu falecimento, em 11 de fevereiro de 1996 ), extenso material fotográfico e textos produzidos por Verger ao longo de sua vida; bem como depoimentos de pessoas que conviveram com o pesquisador como o documentarista Jean Rouche, Jorge Amado, Zélia Gattai, Mãe Stella, Pai Agenor e Cid Teixeira.

Ficha Técnica

Diretor: Lula Buarque de Hollanda
Narração e Apresentação: Gilberto Gil
Roteiro: Marcos Bernstein
Diretor de Fotografia: Cesar Charlone
Editores: João Henrique Ribeiro e Vincente Kubrusly
Som: Valéria Ferro
Música: Naná Vasconcelos
Consultor Científico: Milton Guran
Produtores: Flora Gil, Leonardo Monteiro de Barros e Pedro Buarque de Hollanda
Companhias Produtoras: Conspiração Filmes, Gegê Produções e GNT/Globosat
Patrocínio: Copene - Petroquímica do Nordeste S.A. (programa Fazcultura do Estado da Bahia)
Distribuição: Grupo Estação
País de produção: Brasil
Ano de Produção da versão para cinema (35mm): 1999
Duração: 82min
Formato: 35 mm/cor
Línguas faladas no filme: Português, Iorubá, Miná, Fon e Francês


Lista Completa de Partição em Festivais e Prêmios do Filme Verger: Mensageiro entre Dois Mundos

- Grande Prêmio Cinema Brasil, Petrópolis - Melhor Produção Cultural de TV
- Festival do Recife - Prêmio Especial do Júri
- Best Of - Sunny Side, em Marselha, França - Filme da Noite de Abertura
- Emmy Awards International, USA - Finalista
- Festival de Cinema de Havana - Seleção Oficial
- Festival de Montreal - Novo Cinema, Novas Mídias
- Festival de Documentários de Munique
- Margareth Mead, Nova York
- Festival de Cinema Africano de Milão
- New York TV Festival - Medalha de Bronze
- Festival É Tudo Verdade, São Paulo
- Festival do Rio de Cinema
- Festival de Cinema Brasileiro em Paris
- Festival de Cinema Brasileiro em Miami






Pierre Verger, Dorival Caymmi e Jorge Amado


Gil com crianças africanas na cidade de Sakete, no Benin







No hay comentarios:

Publicar un comentario