martes, 12 de julio de 2016

2016 - A RAZÃO DÁ-SE A QUEM TEM


“… Para não dizer que não há clássicos, tem um Ismael Silva e Noel Rosa, “A razão dá-se a quem tem”, originalmente um dueto criado por Francisco Alves e Mario Reis em 1933 e aqui recriado por Pedro Miranda e Caetano Veloso, ambos emulando, cada um a seu jeito, a intensa bossa da gravação original. A versão é respeitosa mas com pequenas ousadias: os contrapontos do bandolim de Luís Barcellos, a bateria de Oscar Bolão, o arranjo de sopros de Gilson Santos, prestem a atenção. Mas mesmo a composição, ainda que um “clássico” do samba, faz jus ao título do disco e é originalíssima na forma em que a segunda parte feita por Noel Rosa aproveita-se dos versos da primeira de Ismael Silva. Ou seja, como Noel desenvolve a letra a partir dos versos sugeridos por Ismael no estribilho, transformando “A razão dá-se a quem tem” numa obra-prima de vanguarda. Original, pois. …” [Hugo Sukman, Jun/2016, Release do CD Samba Original]


Compositores: Noel Rosa (11/12/1910 – 4/5/1937) e
                          Ismael Silva (14/9/1905 – 14/3/1978)

1933 Ed. Mangione

Se meu amor me deixar Eu não posso me queixar
Vou sofrendo sem dizer nada a ninguém
A razão dá-se a quem tem

Sei que não posso suportar
(Se meu amor me deixar)
Se de saudades eu chorar
(Eu não posso me queixar)
Abandonado sem vintém
(Vou sofrendo sem dizer nada a ninguém)
Quem muito riu chora também
(A razão dá-se a quem tem)

Se meu amor me deixar
Eu não posso me queixar
Vou sofrendo sem dizer nada a ninguém
A razão dá-se a quem tem

Eu vou chorar só em lembrar
(Se meu amor me deixar)
Dei sempre golpe de azar
(Eu não posso me queixar)
Pra parecer que vivo bem
(Vou sofrendo sem dizer nada a ninguém)
A esconder que amo alguém
(A razão dá-se a quem tem)

Se meu amor me deixar
Eu não posso me queixar
Vou sofrendo sem dizer nada a ninguém
A razão dá-se a quem tem

Foto: Daryan Dornelles

24/3/2015 - Foto: Alexandre Moreira



 
2016 - PEDRO MIRANDA
Participación Especial: CAETANO VELOSO 
Álbum “Samba original”
Tratore CD PM 002 / 7898614906152, Track 3.



1975, Teatro João Caetano, Ismael Silva, Caetano e  Cláudio Jorge
Foto: Clóvis Scarpino (Crédito: Blog do Cláudio Jorge)

No hay comentarios:

Publicar un comentario