miércoles, 13 de julio de 2016

1983 - ENCONTRO COM MINISTRO FRANCÊS JACK LANG



Quarta-feira, 21 de dezembro de 1983. 

Folha de S.Paulo 
Ilustrada 

Jack Lang defende intercâmbio

Em almoço na casa de Chico Buarque, o ministro francês da Cultura disse sonhar com “uma França brasileira, com a mestiçagem que sinto no Brasil” 


Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Tom Jobim, Jack Lang, Caetano Veloso e Chico Buarque, durante o encontro em que o ministro francês conversou com representantes dos artistas brasileiros.
Foto: Manoel Pires




ISA CAMBARÁ

Repórter da Sucursal do Rio



Não é só no Brasil que um intelectual, quando alçado a um cargo político, é criticado por quem o admira como criador. Jack Lang, Ministro da Cultura da Franca, que chegou ontem ao Rio, às vezes, é definido, em seu país, como “imperador”. Exatamente como ocorre, no Rio, com o secretario de Cultura, Darcy Ribeiro. Bem-humorado, o ministro francês- que começou seu programa extraoficial no Rio com um almoço, na casa de Chico Buarque –encara as críticas de forma positiva:

“Os que me criticam acabam me fazendo um favor, pois me incentivam a fazer melhor meu trabalho. De maneira geral, as críticas são contraditórias, pois as mesmas pessoas que me chamam de imperador reclamam, em outras ocasiões, uma ação maior do Ministério. Mas, acredito que, de maneira geral, o povo está satisfeito com a nossa ação. Não gosto muito de pesquisas de opinião, mas a mais recente, realizada pela imprensa, mostrou que cerca de 60 por cento dos franceses aprovam a política cultural do governo”.
. . .
Ontem, artistas como Caetano, Fagner, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Gonzaguinha, Simone, João Bosco, Carlinhos Vergueiro, Toquinho, foram ao almoço na casa de Chico Buarque. Cineastas como Ruy Guerra e Miguel Farías, atrizes como Zezé Motta, também compareceram. O ministro –de calças “jeans” e paletó riscado de vermelho e branco- comeu um cozido à brasileira. E manteve-se descontraído o tempo todo, como aliás foi o clima do almoço, servido à americana.
. . .
 
 
 
 





Fotos: Vangelis Rassias / Crédito: Jobim Organization, Acervo Chico Buarque

No hay comentarios:

Publicar un comentario