domingo, 4 de enero de 2015

1995 - CANDEIAS



Letra y música: Edu Lobo



Ainda hoje vou-me embora pra Candeias
Ainda hoje meu amor eu vou voltar
Da terra nova nem saudades vou levando
Pelo contrário, pouca história pra contar

Quero ver a lua vindo por detrás da samambaia
Rede de palha se abrindo
Em cada palmo de praia
Quero ver a lua branca clareando como um dia
E nos seus olhos de espanto
Tudo quanto eu mais queria

Ainda hoje vou me embora pra Candeias
Ainda hoje meu amor eu vou voltar
Da terra nova nem saudades vou levando
Pelo contrário, pouca história pra contar

E nas sombras lá de longe, lá onde o céu principia
Quero ver mestre proeiro no remo e na valentia
Procissão de velas brancas no sentido da Bahia
Procissão de velas brancas no sentido da Bahia
Da Bahia.




 

 
1995 – CAETANO VELOSO 
/ 4:14
Álbum “Songbook  EDU LOBO"
[Varios intérpretes]
Lumiar Discos 2 CD’s 107 441–42, CD 2 LD 002/95, Track 3.













São Paulo, segunda-feira, 28 de novembro de 1994


Edu Lobo lança songbook com 'canjas'; Versão sonora; Novos volumes

  
CARLOS CALADO
ESPECIAL PARA A FOLHA



EDU LOBO LANÇA SONGBOOK COM 'CANJAS'

Um coquetel recheado com "canjas" de astros da MPB comemora hoje, no Rio de janeiro, o lançamento do "Songbook Edu Lobo".
 

A cantora Nana Caymmi, o grupo vocal Be Happy e os músicos Marco Pereira e Gilson Peranzzetta são alguns dos convidados que já confirmaram presença ao lado do compositor, a partir das 20h30, no Jazzmania.


O livro reúne 60 partituras de um dos mais respeitados compositores brasileiros. Dos sucessos nos festivais de MPB dos anos 60 (como "Arrastão" e "Ponteio") até canções incluídas em suas trilhas sonoras ("Upa Neguinho" e "Beatriz"), o songbook mostra as várias fases de uma obra original e repleta de preciosismos.
Décima-primeira produção no gênero do editor e violonista carioca Almir Chediak, o livro sai pela editora Lumiar.
 

A série começou em 1987, com o songbook de Caetano Veloso. Desde então já foram lançados os de Tom Jobim, Dorival Caymmi, Noel Rosa, Gilberto Gil e Rita Lee, entre outros.


VERSÃO SONORA
Segundo Chediak, até o final do ano também deve chegar às lojas a versão sonora do "Songbook Edu Lobo". Divididas em dois CDs, 33 canções do compositor foram interpretadas especialmente para esse projeto por medalhões do primeiro time da música popular brasileira.


Entre outros, participaram das gravações: Tim Maia ("Arrastão"), Gal Costa ("Beatriz" e "Canto Triste"), Chico Buarque ("Canção do Amanhecer" e "Choro Bandido"), Caetano Veloso ("Upa Neguinho" e "Candeias"), Nana e Dori Caymmi ("Pra Dizer Adeus"), Hermeto Pascoal ("Corrupião"), João Bosco ("Corrida de Jangada"), Zizi Possi e Nelson Ayres ("Meia-Noite").
O livro, com 250 páginas, inclui notas biográficas de Eric Nepomuceno, uma seleção de fotos históricas, discografia e depoimentos sobre Edu Lobo assinados pelos compositores Tom Jobim, Chico Buarque, Vinicius de Moraes, Aldir Blanc, Paulo César Pinheiro e Gianfrancesco Guarnieri.
"Também tive vontade de ser Edu Lobo, de colete vermelho, na capa do disco da Elenco", confessa Chico Buarque, lembrando que se apaixonou por teatro ao assistir várias vezes a peça "Arena Zumbi", com trilha de Edu.
"Sua música, muito bem-feita, tem cheiro de mato, às vezes de mar, como no 'Arrastão', cheiro de mar bem brasileiro", diz Tom Jobim, em seu depoimento.
Uma curiosa característica do "Songbook Edu Lobo" está nas partituras. Em vez da grafia computadorizada adotada nos outros volumes da série, o próprio compositor escreveu suas partituras, utilizando tinta nanquim.
Ao longo de um ano e meio de trabalho, Edu também corrigiu e alterou as harmonias originais de algumas canções, auxiliado por vários parceiros.


NOVOS VOLUMES
O próximo songbook produzido por Chediak, já em fase de finalização, é o de Ary Barroso. Com lançamento previsto para o início de 95, terá prefácio de Dorival Caymmi e será dividido em dois volumes.
Caymmi, Chico Buarque e Caetano Veloso são alguns dos intérpretes que revisitarão 46 canções de Ary, a serem editadas em três CDs.
 

Ainda para o próximo ano, Chediak promete mais dois songbooks: um com as peças para piano de Tom Jobim, que está sendo preparado por Paulo Jobim, filho do compositor, e outro dedicado a Djavan, cujos volumes reunirão cerca de cem canções.
Quanto aos songbooks de João Bosco e Jorge Ben Jor, já em fase de produção, o editor acredita que só poderá terminá-los em 96.

Título: Songbook Edu Lobo
Produção: Almir Chediak

Lançamento: hoje, às 20h30, no Jazzmania (av. Rainha Elizabeth, 769, tel. 021/227-2447, Ipanema, zona sul do Rio)



9/2/1995



 







No hay comentarios:

Publicar un comentario