jueves, 6 de septiembre de 2012

1993 - HAITI





Música: Gilberto Gil y Caetano Veloso
Letra: Caetano Veloso
© 1993 Gegê Produções Artísticas Ltda. / Uns Produções Artísticas Ltda.

Quando você for convidado pra subir no adro
Da Fundação Casa de Jorge Amado
Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos
E outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados
E não importa se olhos do mundo inteiro
Possam estar por um momento voltados para o largo
Onde os escravos eram castigados
E hoje um batuque, um batuque
Com a pureza de meninos uniformizados
De escola secundária em dia de parada
E a grandeza épica de um povo em formação
Nos atrai, nos deslumbra e estimula
Não importa nada
Nem o traço do sobrado, nem a lente do Fantástico
Nem o disco de Paul Simon
Ninguém, ninguém é cidadão
Se você for ver a festa do Pelô
E se você não for
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti
O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui

E na TV se você vir um deputado
Em pânico mal dissimulado
Diante de qualquer, mas qualquer mesmo
Qualquer qualquer
Plano de educação que pareça fácil
Que pareça fácil e rápido
E vá representar uma ameaça de democratização
Do ensino de primeiro grau
E se esse mesmo deputado defender a adoção da pena capital
E o venerável cardeal disser que vê tanto espírito no feto
E nenhum no marginal
E se, ao furar o sinal, o velho sinal vermelho habitual
Notar um homem mijando na esquina da rua
Sobre um saco brilhante de lixo do Leblon
E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo
Diante da chacina: 111 presos indefesos
Mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos, ou quase brancos quase pretos de tão pobres
E pobres são como podres
E todos sabem como se tratam os pretos
E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha
E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
Pense no Haiti
Reze pelo Haiti
O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui


1993 - CAETANO VELOSO e GILBERTO GIL 
6475 8052 / 4:19
Álbum "Tropicália 2 Caetano e Gil"
Philips LP 518 178-1, A-1.
CD 518 178-2 , Track 1.




 
1993 - GILBERTO GIL y CAETANO VELOSO
1. HAITI (Gilberto Gil/Caetano Veloso) 4:19
Wea CD single n° 1.679. [Promocional, España]


1994 - CAETANO E GIL
6475 8052 / 4:19
1. HAITI (Gilberto Gil/Caetano Veloso)
Warner Music CD single n° CDP0394. [Promocional]


1995 - GARGANTA PROFUNDA
Álbum "Vida, Paixão e Banana - Garganta Profunda canta Tropicália"
Albatroz CD 445.008, Track 8.


1995 - CAETANO VELOSO
6618 9411 / 5:04
Álbum "Fina Estampa ao Vivo"
Gravado ao vivo no Metropolitan (RJ), em setembro de 1995
PolyGram/Mercury CD M 528918-2, Track 5. | Cassete 528918-4, A-5.


1995 - CAETANO VELOSO
Álbum "Un Caballero de Fina Estampa”
Gravado ao vivo no Metropolitan (RJ), em setembro de 1995
PolyGram VHS 011 228-3 [1995]
Universal Music DVD 04400608529 [2001], Track 9.


2001 - CAETANO VELOSO
BRMCA0100586 / 5´00”
Álbum “Noites do Norte ao Vivo”
Gravado ao vivo, nos dias 15 de julho de 2001 no Direct TV Hall, São Paulo e 06 e 07 de agosto de 2001 na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, Salvador.
Universal Music 2 CD’s 04400165272, CD 1, Track 6.
DVD (2002) 548362-9, Track 6.


2002 - ELZA SOARES
Álbum "Do Cóccix até o Pescoço"
Maianga Discos CD 789836945 001 6, Track 3.


2005 – AFROREGGAE
BRGPG0500025 / 4:48
Álbum "Nenhum motivo explica a guerra"
Geléia Geral/Warner Music Brasil Ltda. CD 5051011132025, Track 8.


2006 – AFROREGGAE
Participação Especial: CAETANO VELOSO
Álbum "Nenhum motivo explica a guerra – ao vivo"
Gravado ao vivo no Circo Voador - Rio de Janeiro, no dia 17 de novembro de 2006.
Warner Music Brasil Ltda. CD 5051011722424, Track 10. | DVD 5051011496127, Track 13.


2008 – BANDA TRAMPA
Álbum “Te presenteio com a fúria”
Independente CD, Track 9.












No hay comentarios:

Publicar un comentario